segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Notícias!



Oi galera,

sei que ando devendo postagens, mas sei também que entendem minha ausência.
Estamos entrando no 6º mês sem o Theo. As coisas ainda andam um pouco difíceis, não consigo voltar ao trabalho e por isso, estou de licença.
Nesse período estou procurando cuidar mais de perto das crianças e de mim.
Não é nada fácil retomar o rumo da vida depois de uma perda dessas, mas quando você não tem outra opção, precisa dar continuidade assim mesmo.
Muitas pessoas nos julgam de acordo com as reações, porque se uma mãe perde um filho, mas se permite sorrir, alguns entendem que você está ótima, feliz, e passar bem. Por outro lado, se você se dá ao direito (mais do que merecido), de demonstrar sua tristeza, você vai ouvir que está se entregando, não quer sair do fundo do poço e por aí vai.
Nesse tempo todo, cheguei a conclusão que você tem que agir por você e não conforme o pensamento das pessoas, que aliás, ainda bem que no meu caso, uma minoria, não te ajudam em nada.
E o único jeito de entender sua dor, e vivê-la.

Mas enfim, entrei de cabeça nuns projetos que havia engavetado à séculos.
Eles têm ocupado meu tempo, minha cabeça, me tirado da cama, e embora minha memória e concentração estejam péssimas por causa do estresse pós-traumático, já tem me ajudado bastante.

Em breve quero estar retomando o blog, o que não foi feito até agora, devido a dificuldade que tenho atualmente de escrever e elaborar, mas que aos poucos, espero que melhore.

Estou com saudades!


Imagem reprodução.



18 comentários:

  1. Também temos saudades ,mas entendemos.
    Aguardando ansiosa sua volta,mas volte no seu tempo.
    E os que falam ou julgam, ahh esses definitivamente não valem a pena.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Minha querida Ly, mesmo que rapidamente e num texto curto é bom te ver dando uma passadinha por aqui, e bom também saber que os projetos estão começando a ser reiniciados mesmo que a cabecinha ainda não ajude muito, o que sabe-se é mais que normal. Somente a tentativa, o inicio mesmo que vagaroso já mostra que as forças começam a ressurgir. Se está vindo em passos de tartaruga? Não importa, as tartarugas também chegam ao lugar que desejam. Quanto ao resto querida, as pessoas.
    Ah, as pessoas? Porque algumas sentem esta capacidade enorme de julgar, rotular e imaginar que tem a solução mágica para tudo e para todas as dores. Que pensem minha linda, que cada um pense o que desejar, importa mesmo é que estás aí, à tua maneira, do teu jeito, reagindo, lutando, te esforçando e acima de tudo, como a mãe leoa que és, cuidando do que mais merece, teus filhos, tua família e de ti mesmo. Sei que é difícil, mas fecha teus ouvidos aos técnicos da vida e das dores alheias. Conte com os amigos que tens, que estão ao teu lado sem cobranças e sem julgamentos, isso sim, vai acelerar a retomada de forças. Sabes que estou sempre aqui e meu coração sempre contigo.
    Um beijo, um abraço com todo meu carinho à ti a tua família.

    ResponderExcluir
  3. Também estamos com saudades, mas compreendemos que você precisa de tempo.

    ResponderExcluir
  4. Ly, eu não consigo nem imaginar como é passar pelo que voce passa. Se uma pessoa sofre um acidente e se machuca gravemente, em 6 meses essas feridas ainda vão doer. Em 1 ano elas também vão doer. Com o passar do tempo elas vão doer menos, mas a pessoa não terá esquecido o acidente. Penso que será assim, voce sempre vai lembrar. Uma irmã minha partiu com 3 anos (eu tinha 13, hoje tenho 43) e até hoje quando minha mãe fala sobre ela, chora. Então esse post seus me trouxe algumas certezas:
    1- sempre vai ter gente achando que voce deve agir assim ou assado. Faça somente o que seu coração mandar: o dia que quiser gargalhar, gargalhe, o dia que quiser apenas sorrir, sorria. Mas no dia que acordar com vontade de chorar, chore muito. Não consigo imaginar uma mãe agindo de outra forma.
    2- você não é mais ou menos forte que as outras mães que passaram por essa dor, você é igual a elas. Por isso, sinta sua dor sim
    3- você volta sempre, como voltou com esse post. E a gente vai estar por aqui, acompanhando.

    Já te falei pelo face e repito aqui: você está nas minhas preces todos os dias.

    Desejo a você muita LUZ, HARMONIA e EQUILÍBRIO pra seguir sua vida com sua família.

    Beijos,
    Luciene Asta

    ResponderExcluir
  5. Olá meu bem!!
    Que bom te ver!!
    Sei bem o que vc sente, minha irmã perdeu uma filha com 30 anos... já se passaram 2... e a dor que ela sente é tão forte como se fosse ontem, as saudades são infinitas... mas é bem assim... um dia ela sorri se anima, no outro chora e chora muito,porém, a nossa compreensão ela tem a cada dia vivido!!
    Te desejo força, fé e coragem todos os dias minha linda!
    Bjus com carinho e um início de semana abençoada!!

    ResponderExcluir
  6. Um dia por vez, sempre Ly! E este tempo é necessário para que vc entenda td e se levante! Força nestes projetos!!!!! Beijos

    ResponderExcluir
  7. Querida Ly. Minha terpauta sempre diz que temos que viver a dor, mas não alimenta-la. O difícil e a gente conseguir equilibrar isso pq somos humanos. Acredito que o tempo realmente ajude nesse equilibrio. Fico feliz de ver que tu está conseguindo isso. Não há nada que diga pra te ajudar a apagar a dor. A unica coisa que te garanto é que estamos aqui mandando amor pra todos vocês. Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  8. Estava sentindo sua falta... Li tudo até o início do ano, chorei muito, sou mãe, só posso dizer FORÇA... Veja este blog http://jaluzamscrap.blogspot.com.br ela também sofreu uma perda enorme, agora ela volta e nos enche de poesia. Um abraço para semana ser muito boa.

    ResponderExcluir
  9. Que bom vc esta tentando retomar sua vida embora seja muito dificil, acompanho seu blog meu nome é Mirian
    Fica com Deus, e de noticias rsrs
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Lynoca, minha linda!
    Tudo a seu tempo. Como eu sempre te digo... a dor é tua e vc tem o direito e o dever de expressá-la como, onde, quando e por quanto tempo quiser.

    Estamos do teu lado e felizes da vida com tuas novas realizações!

    te adoro de montão

    beijinho na testa

    ResponderExcluir
  11. Bj enoooooooooooooooooooor,e e, teu coração

    saúde e paz


    Ro

    blog conversando no jardim

    ResponderExcluir
  12. ola, como assinante do seu blog, sei do que vc esta falando. E com este d hoje me atrevi enviando uma msg.
    Quem gosta d vc com certeza te apoia e te entende.(meu caso kkk).Façca somente aquilo que te agrada e que te faz bem. E o resto, bom o resto deixa pra la. Fica bem!! abraços c carinho aguardando o seu tempo. Sdds tb.

    ResponderExcluir
  13. Ly,

    Desejo que logo você volte a sua rotina de trabalho de blogueira e tudo mais. O amor que você tem pelo Theo esta guardado dentro de você para sempre, isso nunca ninguém vai tirar de você. Então sorria, siga em frente. A vinda do Theo mesmo ele tendo partido foi para te trazer alegrias e não tristeza. No tempo de Deus tudo isso vai passar!

    Um beijo pra você!

    ResponderExcluir
  14. Ly,

    Que bom te ouvir de novo :)

    Beijocas

    ResponderExcluir
  15. Além da dor da perda, ainda ter que administrar a dor dos julgamentos, é phoda... Não me conformo com essa gente, não adianta. Mas vc é mais, sei que não deixará se abater por gentinha. Fique perto de quem te ama e de quem vc ama, e dane-se os outros!

    ResponderExcluir
  16. Ly, vai devagar, vc vai conseguir.Eu tenho certeza querida.Bjs.

    ResponderExcluir
  17. Como eu já escrevi aqui da outra vez, quase nada do que vão te falar vai te animar, então é muito complicado quem está de fora dar a sua piruada. É até um abuso em certos casos. No final da contas creio que as pessoas que te amam de verdade ficam pelo menos felizes e vocês estarem tentando tocar a vida para a frente. Afinal, não tem jeito, né? Ainda não tenho filhos e minha mãe sempre fala "quando vc tiver os seus, vc vai ver como é".
    Ou seja, como é tudo! De todos os sentimentos e de todos os extremos.
    Penso que nunca dá para esquecer, apenas focar em outras coisas, como os filhos, o marido, a família. Acho q vc tem todo o direito sim! de levar as coisas no SEU tempo, pois ninguém, só Deus mesmo, sabe o que vai no nosso coração.
    Tenho vindo de vez em quando aqui ver se tem post novo, e devagarzinho vc vai conseguir voltar a sua "rotina". Todos torcemos por isso. Fique com Deus!
    bjs

    ResponderExcluir
  18. Ly apesar da saudade que todas nós temos de te ver sempre aqui e ler suas lindas postagens entendemos que tudo tem seu tempo, você passou por fortes emoções e tem que se cuidar para depois se entregar de corpo, alma e coração a tudo que deixou de fazer nesse período de reclusão.
    Não dê ouvidos a opinião alheia, sua dor só você a vive, só você sabe da sua vida.
    Te aguardo com carinho.

    bjus

    ResponderExcluir

♥ Oi galera, infelizmente não tem sido possível retribuir as visitas, mas ficarei feliz ao ler seu comentário, porque é por ele que ainda existe esse blog.

Mil vezes obrigada por todo carinho! ♥
Beijocas.

=)

Linkwithin

Related Posts with Thumbnails