quarta-feira, 14 de julho de 2010

Vinho: Dicas e Alerta!



Por Dre Ribeiro

Um dos possíveis efeitos do vinho, devido ao seu percentual de álcool, é a retenção de água no organismo. O nível alto de álcool no sangue causa a diminuição da eliminação de água (urina); ao longo do tempo o corpo se adapta a esse excesso de água, que se torna permanente. Assim, o alcool que pode até ter uma ação diurética em pequenas doses e causar desidratação, tomado habitualmente com certo exagero causará efeito contrário sobre o organismo.

Além dos efeitos do álcool, há a considerar os efeitos dos aditivos empregados na fabricação do vinho. É uma prática universal a adição de sulfito ao vinho para ajudar sua conservação. Somente se no rótulo constar a afirmação "Sem sulfito" se pode saber que o vinho está livre desse produto químico. Na opinião de muitos fabricantes, além de comprometer a saúde do consumidor, a ação esterilizadora dos sulfitos destrói a vitalidade do vinho tirando o seu aroma.

Algumas pessoas são mais sensíveis ao sulfito que outras. As que não toleram essa sustância química têm dor de cabeça, enjôos e inclusive reações alérgicas significativas. É considerado o principal responsável pela ressaca, que é a dor de cabeça e indisposição que sistematicamente atingem aquela pessoa quando toma vinho.

A adição do sulfito é importante para a indústria do vinho devido ao seu poder de matar bactérias e seu efeito anti-oxidante. Não é, no entanto, um produto inteiramente estranho ao vinho, porque no próprio processo de fermentação alguns sulfitos se formam em pequena quantidade, e por isso existem naturalmente no produto. Por esse motivo não há, praticamente, vinho inteiramente livre de sulfitos.

Para prevenir uma ressaca, não tome vinho com o estômago vazio, não o tome com saladas e sim com comidas ricas em gordura e proteína, e sobretudo beba pouco.

Pode-se dizer que a regra número um para se tomar vinho é que ele seja bebido alternadamente com a água. Onde houver uma garrafa de vinho, deve haver uma jarra de água preferencialmente bem fria ou gelada, para ser tomada moderadamente, a espaços, ao longo da refeição. A principal razão para isso é que o vinho pode ser refrescante, mas não é hidratante.

Ao contrário, o álcool que ele contém é um diurético, ou seja, provoca a eliminação da água do organismo e a conseqüente quebra do balanço de líquidos do corpo, principal causa da dor de cabeça e da ressaca. Outra função da água é remover o sabor da comida na boca, a intervalos durante a refeição, quando se deseja gozar separadamente o sabor de um vinho muito especial. O anfitrião ou o garçom oferecerão ou encherão primeiro os copos de água, e só depois encherão o copo de vinho.

Quando se dispõe a louça, os talheres e os copos na mesa de refeição, deve-se colocar no mínimo dois copos: um maior para água e outro para o vinho. Servir o vinho à mesa sem esse cuidado indicará falta de conhecimento do assunto.

Mas também a dor de cabeça pode ser simplesmente devida à dilatação dos vasos sangüíneos que o vinho provoca. O tratamento pode ser um analgésico que não irrite o estômago (evitar aspirina), alguns copos de água ou então uma sopa quente (às vezes preferível, por repor o sal e o potássio perdidos na desidratação), ou apenas um cafezinho expresso para contrair os vasos dilatados.


BEBA COM MODERAÇÃO!!!

19 comentários:

  1. Ai ai... depois de ler este post... acho que vou fazer um fondue para tomar com um bom vinho....rssss bjs

    ResponderExcluir
  2. Ai Dre, o Mau comprou um vinho que eu amo, e nesse friozinho, hummmmmmm, delícia!!!!

    Beijocas.

    ResponderExcluir
  3. Adorei o post, super interessante.
    eu adoro vinho, mas nunca consigo tomar tanto ao ponto de ter ressaca no dia seguinte.. hehehehehheh

    bjss

    ResponderExcluir
  4. por isso que a ressaca é tão intensa... adoro vinhos também; especialmente os brancos... =)

    ResponderExcluir
  5. Oláaa queridas, como vão nesta tarde tão chuvosa??? Eu molhada e com o cabelo duro aff...

    Well, eu gosto mesmo é de vinho quente, com laranja, maça, uva passas, canela etc.
    Na mesa eu não curto não, gosto mesmo de uma bela taça de champagne com morangos!!! Uii fui longe!!

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. hummmmmmmm...vinhozinho para este frio de rachar que tá em Floripa!
    Mas vou seguir a dica da água!
    bjs, bjs

    ResponderExcluir
  8. Ótimas dicas e cuidados, eu adoro um vinho... ainda mais com tempinho frio e chuva! Hoje o dia pede... Bjs!

    ResponderExcluir
  9. Muito legal ... essa semana compramos um, mas fizemos tudo direitinho ! rs (ainda bem)

    Bjo

    ResponderExcluir
  10. oi!
    Gosto de vinho, mas só um pouquinho, e suave...
    Tudo que se toma sem moderação traz más consequencias, não é?
    Tina (Sonhar e Realizar)

    ResponderExcluir
  11. Eu fico trebada só com o cheiro por isso tomo metade de uma taça fazendo charme ,devagarzinho , gosto dos tintos suaves ... interessante o post . BJOOO Meninas

    ResponderExcluir
  12. Bom lembrar de moderação nesse frio em que uma garrafa de vinho é uma tentação! Um beijo. Patrícia

    ResponderExcluir
  13. Ei Ly!
    Não tenho muita tolerância para vinho, sempre termino com enjôo e dor de cabeça! Mas achei interessante em beber sempre água alternada com o vinho.
    Valeu!
    Gd beijo

    ResponderExcluir
  14. Ly, minha querida, ainda bem que não posso tomar vinho, pode até ser dos melhores e mais caros, no dia seguinte dor de cabeça na certa, evito ao máximo. Foi ótimo saber de todas as dicas.
    montão de beijokas

    ResponderExcluir
  15. aiiii vinho é tudo de bom mesmo né ? obrigado pelas dicas!

    ResponderExcluir
  16. Cortei definitivamente todas as bebidas alcoolicas da minha vida. Elas realmente não me fazem bem. talvez o vinho seja minha única exceção,mas não bebo o suficiente para ficar de ressaca. De qualquer forma, essas dicas são preciosas. Vinho e salada, nem pensar! rsrsrs

    Bjs
    Juliana
    www.casadiboneca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Ly! Nossa! que matéria tão legal sobre o vinho. Apesar de morar na terra do vinho (Porto) não bebo e então nunca soube de nada disso. Sempre ouvi falar que as pessoas que gostam de beber só devem tomar um cálice de vinho ao almoço, mais nada. Mas, vejo muita gente aqui em Portugal a "apreciar" o vinho de maneira completamente errada, diferente do que vc indicou aqui nesta matéria. Eles não têm esse cuidado, bebem muito. Já o meus sogros tomam vinho nas refeições mas, sempre com uma garrafinha de água, acho que nem eles sabem que faz bem tomar assim, só que eles o fazem, engraçado...bjs, obrigada pelas dicas, vou tentar orientar os familiares aqui quanto ao consumo correto do vinho, sempre com moderação.

    ResponderExcluir
  18. A Pátina Provençal sempre encantam aos olhos!!
    Gostei!!
    Rosana

    ResponderExcluir

♥ Oi galera, infelizmente não tem sido possível retribuir as visitas, mas ficarei feliz ao ler seu comentário, porque é por ele que ainda existe esse blog.

Mil vezes obrigada por todo carinho! ♥
Beijocas.

=)

Linkwithin

Related Posts with Thumbnails